Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 Resumo:

O presente estudo objetivou desvelar, mediante análise das interações socioprofissionais de uma das divisões de uma instituição financeira brasileira, práticas de assédio moral no trabalho e as possíveis repercussões desfavoráveis que as mesmas acarretam aos trabalhadores vitimados e ao contexto de trabalho estudado. Para tanto, adotou como abordagem metodológica a pesquisa participante, contando com a colaboração de quatro assediados e três testemunhas, e recorreu à observação participante, à análise documental e a entrevistas semi-estruturadas individuais. Os dados resultantes, tratados majoritariamente pela análise de conteúdo categorial temática, evidenciaram a ocorrência de quatro situações concretas de assédio moral no trabalho do tipo vertical ou descendente. Dentre alguns dos resultados mais expressivos, interpretados à luz dos principais 'achados' oriundos da revisão da literatura, podem ser destacados: (a) práticas mais recorrentemente perpetradas pelos assediadores - zombarias acerca de características pessoais, agressões verbais, disseminação de rumores, privação da possibilidade de comunicação e manipulações que visavam colocar terceiros contra o assediado; (b) repercussões aos assediados - apatia, irritabilidade, agressividade, crises de choro, depressão, danos às esferas conjugal e familiar, dificuldade de concentração e redução da produtividade. O estudo conclui ressaltando a proficiência relacionada à adoção metodológica da pesquisa participante em estudos que tenham o assédio moral no trabalho como objeto, bem como enfatizando, mediante um conjunto de recomendações, a premente necessidade de se adotar medidas de prevenção e combate à ocorrência do fenômeno, em níveis organizacional e político. 

Abstract:

This study aimed to uncover, through analysis of the interactions of an occupational division of a Brazilian financial institution practices, bullying at work and the possible adverse effects that they lead to workers victimized and the work context studied. To do so, adopted as a methodological approach to participatory research, with the collaboration of four harassed and three witnesses, and used participant observation, document analysis and semi-structured individual. The resulting data were treated mainly by the content analysis categories and themes, have highlighted the occurrence of four specific situations of bullying at work kind of vertical or downward. Among some of the more significant results, interpreted in the light of the main 'findings' come from the literature review, can be highlighted: (a) best practices repeatedly perpetrated by stalkers - jeers about personal characteristics, verbal abuse, spreading rumors, deprivation of possibility of communication and manipulation aimed at putting a third party against the beleaguered (b) the impact harassed - apathy, irritability, aggressiveness, crying, depression, damage to the spheres of marriage and family, difficulty concentrating and decreased productivity. The study concludes emphasizing proficiency related to the adoption of participatory research methodology in studies that have bullying at work as objects, as well as emphasizing, through a number of recommendations, the urgent need to adopt measures to prevent and combat the phenomenon in organizational and political levels.

Link: javascript:void(0);/*1477921538164*/

Um valor é necessário.
E receba nossas noticias, avisos
e informativos por e-mail
Um valor é necessário.
Um valor é necessário.
Um valor é necessário.Um valor é necessário.
Um valor é necessário.Um valor é necessário.
Incluir Remover