Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Seminário Trabalho em Debate: Crise e Oportunidades

Palestrantes do Brasil, França e México discutirão em Brasília crise, organizações e oportunidades de trabalho
 
Dia 27 de outubro, das 8h30 às 17 horas, a Diretoria de Estudos, Cooperação Técnica e Políticas Internacionais (Dicod) do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) promoverá o seminário Trabalho em Debate: Crise e Oportunidades, que reunirá especialistas do Brasil, França e México para debaterem organizações, democracia, desenvolvimento e equidade em torno do trabalho.

O sociólogo francês Jean Louis Laville, conhecido como um dos responsáveis pela elaboração do conceito de economia solidária, será palestrante do tema "Organização do Trabalho e Democracia", junto com o diretor de Estudos e Políticas Sociais do Ipea, Jorge Abrahão, e Maurício Sardá de Faria, da Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego.

Laville é professor do Conservatoire National des Arts et Métiers - CNAM, pesquisador junto ao Laboratório Interdisciplinar de Sociologia e Economia - LISE (CNRS-CNAM, Paris) e coordenador europeu do Instituto de Política Econômica Karl Polanyi. O três palestrantes irão debater o tema com o pesquisador do Ipea Luiz Eduardo Parreiras.

Vincent De Gaulejac, um dos principais representantes do conhecimento de sociologia clínica da França, fará palestra sobre "Trabalho nas organizações", junto com os professores da Universidade de Brasília (UnB) Ana Magnólia Bezerra Mendes, do Departamento de Psicologia, e Anália Loura Soriá Batista, do Departamento de Sociologia.

De Gaulejac é reconhecido pela formulação de conceitos importantes para a compreensão do sujeito contemporâneo, tal como a "neurose de classe", articulando a exigência da reflexão entre os conflitos sociais e os conflitos psíquicos. É autor, entre outras publicações, de Gestão Como Doença Social e As Origens da Vergonha. Os palestrantes debaterão do tema com Christiane Girard, coordenadora do Centro de Formação e Capacitação do Ipea.

O tema "Desenvolvimento e equidade" terá três palestrantes de diferentes nacionalidades: o francês François Xavier Merrien, o mexicano Carlos Salas, e o brasileiro Niemeyer de Almeida Filho. Sociólogo, Merrien é professor da Faculdade de Ciências Sociais e Políticas de Lausanne, Suíça. Suas pesquisas estão voltadas para a proteção social e as políticas de desenvolvimento social numa perspectiva internacional comparada. É autor de várias publicações que tratam do Estado-providência e as políticas sociais, entre as quais L'État-providence e L'Etat social face à la globalisation: une perspective internationale comparée; Face à la Pauvreté e Les nouvelles politiques de la Banque Mondiale: le cas des pensions.

O economista mexicano Carlos Salas é professor do Departamento de Desenvolvimento Regional do El Colegio de Tlaxcala, México. Tem escrito vários trabalhos sobre o Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta), defendendo que esse acordo seja revisado, pois no México ele tornou os empregos mais precários e também contribuiu para a má distribuição de renda. O diretor da Dicod, Mário Lisboa Theodoro, será o debatedor da última mesa.

O seminário ocorre no auditório do 16º andar do Ipea em Brasília (SBS, Quadra 1, Ed. BNDES). As inscrições estão abertas ao público e podem ser feitas pelos emails
isabel.pojo@ipea.gov.br ou rafael.chagas@ipea.gov.br. Mais informações pelo telefone (61) 3315-5164.

 

 

 

Um valor é necessário.
E receba nossas noticias, avisos
e informativos por e-mail
Um valor é necessário.
Um valor é necessário.
Um valor é necessário.Um valor é necessário.
Um valor é necessário.Um valor é necessário.
Incluir Remover